Rio do Sul termina a Olesc como 11° lugar no quadro de medalhas

Depois de sete dias de competição, Rio do Sul terminou sua participação na Olesc no sábado competindo no basquete e judô. No quadro final de medalhas, Rio do Sul terminou na 11ª colocação com 13 medalhas conquistadas e dois troféus, além de ter ficado na 19ª colocação no quadro geral de pontos. A cidade de Joinville venceu a competição no quadro de pontos, seguido de Blumenau em segundo e Itajaí em terceiro. No último dia de jogos, Rio do Sul também recebeu homenagens por ter sediado a competição.

No basquete, Rio do Sul jogou contra Florianópolis pela terceira colocação da competição e acabou derrotado por 81 a 36. Com o resultado, a equipe somou três pontos no quadro geral da competição. Já no judô, os atletas da FMD participaram das disputas por equipe, mas acabaram não tendo um bom desempenho. No total a modalidade conquistou uma medalha de ouro na competição com Joice de Souza.

O diretor de Esportes e Rendimento da FMD, Sérgio Luis Schlemper, destacou alguns resultados, lembrando os troféus conquistados por Rio do Sul no tênis feminino e ciclismo que eram modalidades que o município não tinha atletas participando há alguns anos.

“Acredito que o resumo geral é bom. Estamos realizando um trabalho novo de investimento em base e conquistamos 13 medalhas, claro que podemos melhorar em alguns aspectos e modalidades, porém, observamos que estamos seguindo um caminho certo para crescer não só na Olesc, mas nos Joguinhos Abertos também”, comentou.

Schlemper também falou sobre o comprometimento dos técnicos e atletas nas disputas. “Temos que parabenizar e agradecer a todos que representaram nosso município. Tivemos muitos jogos emocionantes e algumas surpresas positivas. Encerramos nossa participação com a certeza que vamos melhorar ainda mais”.

No total, Rio do Sul conquistou 13 medalhas. Foram seis medalhas de ouro, com Enzo Ariel Vavassori e João Vinicius de Souza no karatê, Bruno Gabriel Ferreira e João Dalandrea no atletismo, Lucas Castro Butzke no xadrez e Joice de Souza no judô. Uma prata veio na prova do team relay do ciclismo. Outros seis bronzes vieram com Lian Iago Malheiros, Beatriz Neumann e Lucas B. Hack no karatê, Vinicius Augusto Wachholz no bicicross e no tênis de campo feminino e ciclismo por equipes. Já o ciclismo, karatê e basquete foram as modalidades que pontuaram para o município.

Rio do Sul é homenageado por sediar a competição

No sábado o prefeito de Rio do Sul, José Thomé, e o superintendente da FMD, Jeberton Fermino, foram homenageados pela Fesporte por Rio do Sul ter sido a cidade sede do evento. Os guardas municipais mirins também receberam medalhas por auxiliarem na entrega das premiações da Olesc.

“Momento especial de agradecer e parabenizar todos envolvidos com a Olesc que foi um sucesso desde o primeiro dia. Recebemos atletas e dirigentes de diversos municípios e isso nos motiva muito para organizar mais competições desse porte”, comentou Thomé.

Organização

Conforme o superintendente da Fundação, Jeberton Fermino, a Olesc deixa um legado importante. “O balanço geral do evento é muito positivo. Trabalhamos muito para deixar tudo bem organizado. Além dos benefícios econômicos, essa Olesc deixa um legado esportivo, porque melhoramos nossas estruturas. Temos que agradecer a parceria com a Fesporte e dizer que vamos continuar trabalhando para o esporte de Rio do Sul”, destacou.

Arthur Hoffmann

Pin It
Você gostaria de comentar?