Rio do Sul terá equipe de tênis nos Jogos Abertos

O grupo composto por Rafael Kirchner, Perseu Lemkuhl, Rodrigo Taulois Pereira, Celio Borges Filho, Mauro Carneiro Filho, Fernando Vilain de Melo, Guilherme Bertaso de Carvalho, Milton Alexandre Telles e Sandro Stradioto já participa de competições promovidas pela Federação Catarinense de Tênis (FCT), servindo como preparação para os jogos que acontecem no fim do ano. Quem também integra a equipe é Rafael Kuerten, irmão do maior tenista da história do Brasil, Gustavo Kuerten, o Guga.

A equipe que representará Rio do Sul na maior competição do Estado é formada por atletas que na maioria moram em Florianópolis. Eles representam o município desde 1995, quando na época a cidade não tinha competidores suficientes para uma equipe de bom nível.

“Alguns jogadores da capital começaram a representar Rio do Sul para elevar o nível técnico e a partir daquele momento, por escolhas pessoais, os atletas rio-sulenses foram deixando de disputar os Jasc e novos membros foram sendo adicionados a equipe. E isso se perpetua até hoje”, explicou um dos jogadores da equipe, Rafael Kirchner.

Além de competir pelo município há mais de 20 anos, os tenistas não recebem nenhum auxílio financeiro. “Competem e representam Rio do Sul por puro amor ao esporte”, destacou Kirchner.

Em duas edições dos Jogos Abertos, Rio do Sul ficou com a quarta colocação, sendo que o objetivo para este ano é entrar na zona de pontuação. “A partir do sexto lugar já garantimos pontos, mas é difícil projetar a competição, pois só temos real noção das nossas chances após o sorteio das chaves, além disso, a composição de algumas equipes varia bastante”, comentou.

O superintendente da FMD, Jeberton Fermino, reconheceu a importância que os jogadores tem para o município. “Temos que valorizar essas ações e esse grupo de atletas que se dispõem todos os anos a representar nosso município”.
Arthur Hoffmann

Pin It
Você gostaria de comentar?