Nova camisa da seleção é preta e pensada para vestir até baladeiros

13146577

As vésperas da abertura da Copa das Confederações, a Nike decidiu mexer no uniforme da seleção brasileira de futebol. A nova camisa número 3 do time não terá mais o símbolo da CBF no peito. No lugar, estará estampada a constelação Cruzeiro do Sul.

O símbolo da entidade com as cinco estrelas referentes às Copas conquistadas ficará na manga esquerda. O da empresa está na outra manga.

A nova camisa terá lançamento mundial amanhã. Assim como a primeira versão da camisa número 3, o novo modelo será preto.

“O design, inspirado nos uniformes da seleção dos anos 50, foi pensado especialmente para o consumidor que quiser usá-la no dia a dia ou até curtir uma balada”, diz Adolfo Lopez, gerente de desenvolvimento de produto da Nike do Brasil.

O uniforme número 3 não será usado pelos jogadores na Copa das Confederações, que começa no próximo dia 15. O estatuto da CBF permite só que os atletas vistam nos gramados uniforme com as cores da bandeira nacional.

Em 2004, a Nike fez uma camisa branca para a seleção, que foi usada somente no amistoso comemorativo do centenário da Fifa, em Paris.

O uniforme especial foi inspirado na roupa usada em 1914, na primeira partida oficial da seleção, contra o time inglês do Exeter City, no Rio.

Desde 1996 vestindo o time nacional, a multinacional é a mais antiga patrocinadora da CBF e responsável pelo maior contrato. Em 2012, pagou R$ 61 milhões para os cofres da entidade, segundo o balanço do primeiro ano da gestão do presidente José Maria Marin.

Amanhã, os convocados por Luiz Felipe Scolari se apresentam no Rio. No próximo domingo, a equipe fará o primeiro amistoso no Maracanã, contra a Inglaterra.

No dia 9, enfrenta a França, em Porto Alegre. O Brasil estreia no torneio no dia 15, em Brasília, contra o Japão.

Folha de São Paulo.

Pin It
Você gostaria de comentar?