Lesões acabam prejudicando Rio do Sul em jogo contra o Pinheiros

15665959_1192430770811403_421878251278275324_n

O esforço, a luta, a garra e o apoio do torcedor tinham endereço certo na noite desta quarta-feira (21) em Rio do Sul. As donas da casa buscavam um resultado positivo diante da sua fiel torcida no Artenir Werner contra o Pinheiros, mas as lesões em cima da hora e a boa atuação do adversário impuseram mais uma derrota para as donas da casa. 3 sets a 1 com parciais de 18/25, 16/25, 25/17 e 21/25. Vanessa do time paulista foi eleita a melhor em quadra.

Rio do Sul começou mal o jogo no passe, dando trabalho para a levantadora Carol Leite trabalhar suas jogadas e assim ter efetividade no ataque. O Pinheiros vinha sem cometer erros e aproveitando as jogadas de ataque com Babi e também Mimi Sosa, velha conhecida do time de Rio do Sul. Natiele, um dos destaques do time catarinense na Superliga até o momento foi substituída por Fran Stedile por conta de lesão sentida logo no início do jogo.

No segundo set, a equipe também começou o jogo em desvantagem e vendo o Pinheiros jogar mais solto. Sonaly no lugar de Nayara com uma torção no tornozelo era a nova tentativa no ataque do time catarinense que voltava a pecar no contra-ataque e também na recepção. E apesar das boas investidas de Camila Paracatu e Kasiely, recuperada de uma inflamação no ombro direito, as catarinenses acabaram vencidas também nesta parcial.

Jogando em casa, Rio do Sul usava todas as armas que tinha. E praticamente todo o banco de reservas esteve em quadra na maior parte do terceiro set. A estratégia deu certo, tanto que a equipe passou a jogar melhor e animar o torcedor no ginásio Artenir Werner. O passe melhorou e deu a chance para a levantadora Francine distribuir bolas precisas para Kasiely, Sonaly e Fran Stedile no ataque.

Tanto Natiele como Nayara não voltavam para o jogo por conta de lesão ainda no primeiro set. Isso dificultou a possibilidade de substituições de ponteiras do time, até para dar uma oportunidade de descanso para as jogadoras que estavam em quadra. O Pinheiros aproveitou esta oportunidade no saque e dificultou a vida das donas da casa. Em desvantagem no placar, Rio do Sul teve um esforço tremendo para tentar encostar no placar e , mas o set já era do Pinheiros, assim como a vitória.

Ao final do jogo, o técnico Fernando Bonatto valorizou o trabalho das atletas, mesmo com uma derrota em casa. “A gente teve que ir remontando a equipe dentro do jogo por conta das lesões. Temos que ter paciência e trabalhar por que essas meninas estão se doando muito nos treinamentos e nos jogos, pois todos querem a vitória”, comentou o treinador.

Reapresentação do grupo será dia 2 de janeiro

Após a partida contra o Pinheiros, as meninas de Rio do Sul estarão de folga para o Natal e Ano-Novo. A reapresentação é dia 2 de janeiro de 2017 para treinamentos no ginásio Artenir Werner. A ideia inicial era que a equipe treinasse na última semana do ano, mas ao final do jogo, optou-se pelo descanso por conta do grande número de lesões. A primeira partida do ano das catarinenses na Superliga é dia 6 de janeiro em casa contra o Sesi-SP, às 21h30.

 

Clóvis Eduardo Cuco

Pin It
Você gostaria de comentar?