Ao seu estilo, Chapecoense vence o Figueirense e está na final

item_19223

Marcando forte e explorando o contra-ataque, a Chapecoense encontrou o rumo da vitória contra o Figueirense. Apoiado pela sua torcida, o Verdão do Oeste garantiu a vaga na final ao vencer por 2 a 1, na Arena Condá.

Para quem aguardava um jogo com muitas oportunidades de gol, acabou se decepcionando. Jogando com a vantagem do empate, a Chapecoense só teve o trabalho de administrar o duelo. Por outro lado, o Figueirense tinha a necessidade de vencer, mas não conseguiu ser incisivo nas jogadas ofensivas.

Da mesma forma que fez em Florianópolis, o Verdão do Oeste voltou a mostrar o seu poder de fogo nos primeiros minutos com o gol de Rodrigo Gral. Assim, o Furacão do Estreito viu seu plano ser desmanchado e a necessidade de ter que obter uma reação ainda maior.
Dentro dos seus limites o técnico Adilson Batista até tentou e conseguiu buscar o empate com gol contra do zagueiro Fabiano. No entanto, nos minutos finais o mesmo Fabiano se redimiu e anotou o gol da vitória em cobrança de pênalti.

No próximo domingo, a Chapecoense enfrenta o Criciúma, às 16h, no Estádio Heriberto Hulse. O primeiro jogo da decisão será fora de casa, pois o Verdão do Oeste obteve a melhor campanha e decidirá no seu estádio o título da competição.

O jogo

Aos 3 minutos, após escanteio cobrado na área, a bola desviou e sobrou para Rodrigo Gral na pequena área só chutar para marcar o primeiro gol da partida. Aos 11 minutos, Helder driblou o marcador e finalizou, mas a bola subiu muito e não levou perigo ao goleiro Nivaldo, que estava de olho na bola.

Aos 29 minutos, Gerson Magrão cobrou falta, a bola sobrou para Thiego na pequena área finalizar e o goleiro Nivaldo realizar uma grande defesa salvando a Chapecoense. Aos 34 minutos, Ricardinho lançou Gerson Magrão, que encobriu o goleiro Nivaldo, mas não conseguiu evitar a saída da bola pela linha de fundo. Aos 46 minutos, Rodrigo Gral tocou para Fabinho Alves, que saiu na frente de Ricardo e finalizou para grande defesa do goleiro do Figueirense.

Futebol SC.

Segundo tempo

Aos 11 minutos, após cruzamento rasteiro na área, o zagueiro Fabiano tentou interceptar a bola, mas acabou concluindo contra a própria meta e marcando gol contra. Aos 19 minutos, Fabiano puxou contra-ataque e tocou para Diego Felipe finalizar e Ricardo salvar o Figueirense.

Aos 32 minutos, Danilinho cobrou falta perigosa por cima da barreira, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo. Aos 35 minutos, Danilinho arriscou de fora da área e a bola passou perto do travessão. Aos 44 minutos, Fabiano cobrou pênalti e Ricardo defendeu, mas no rebote a bola voltou para ele marcar o segundo gol do Verdão do Oeste.

Pin It
Você gostaria de comentar?