Sabrina Sato está proibida de criticar integrantes do “Pânico”

Sabrina-Sato6

Apesar das críticas de Tutinha, dono do formato do “Pânico”, dizendo que nunca imaginaria que Sabrina Sato deixasse o programa “pela porta dos fundos”, a apresentadora foi instruída pela Record a não revidar os ataques.

De acordo com o jornalista Flávio Ricco, caso a Band ou os ex-colegas critiquem a ex-contratada abertamente, a ordem é expressa: a ‘japa’ não pode se envolver em polêmicas.

Qualquer manifestação de Sabrina deve ser autorizada pelo diretor de Comunicação da Record, Celso Teixeira. E quando isso acontecer, a apresentadora vai reforçar que sempre “será muito grata” às duas empresas, a Band e a Jovem Pan.

O objetivo dessa ordem da emissora de Edir Macedo é fazer com que todos os envolvidos na contratação de Sabrina possam se dedicar totalmente ao seu novo programa, que estreia em março.

A saída de Sabrina Sato do “Pânico”, após assinar contrato com a Record, onde deve ter dois programas, continua rendendo dores de cabeça à Band e à equipe do semanal.

Segundo a coluna “Outro Canal”, alguns anunciantes já desistiram de ações publicitárias que deveriam entrar no ar a partir de 2014. Cabia à ‘japa’ mais da metade das inserções do programa.

RD1.

Pin It
Você gostaria de comentar?