Outubro Rosa: Patrícia Pillar e os sinais de alerta para prevenção

1108579_outubro-rosa-patricia-pillar-a-importancia-da-prevencao

Muita gente foi pega de surpresa com a revelação do câncer de mama de Patrícia Pillar nos idos de 2001. A global não teve receio de expor publicamente para imprensa e fãs que precisou realizar uma operação para retirar um dos seios.

A atriz se descobriu portadora da doença de Paget, uma forma rara de câncer de mama que se manifesta de forma exterior, com um vermelidão no mamilo ou auréola, que depois se torna uma lesão. Nos depoimentos que deu sobre a descoberta, Patrícia alertou outras mulheres sobre a aparência inofensiva dos machucados.

“Meu mamilo nunca pareceu diferente para mim, mas o vermelhão incomodou, por isso eu fui ao consultório do meu médico. Às vezes coçava e doía, mas outras vezes não atrapalhava. Era só feio e incomodo, e não desaparecia com todos os cremes prescritos pelo dermatologista como a dermatite nos olhos que tive antes disso”, contou em nota oficial da época. “Aí fui ao consultório para ser examinada. Eles pareciam um pouco preocupados, mas não me avisaram que poderia ser câncer.”

1108572_outubro-rosa-patricia-pillar-a-importancia-da-prevencao

De acordo com pesquisas do Instituto Nacional do Câncer, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres. Apesar disso, quando identificado e tratado logo no início, possui 60% de chance de cura.
Foi o que aconteceu com Pillar, que teve o tumor foi identificado em estágio bastante inicial, sendo totalmente removido. Isso, contudo, não diz respeito a gravidade da situação. A atriz enfrentou uma metástase para os ossos e, por conta disso, recebeu megadoses de quimioterapia e 28 sessões de radioterapia, que serviram como medida profilática para reduzir ao mínimo as chances de reincidência da doença.

Na época esposa de Ciro Gomes, Patrícia apareceu acompanhando o marido em cerimônias e compromissos sem medo de revelar a falta de cabelos e os danos colaterais dos procedimentos e medicação. Separados desde o fim de 2011, ela lembra os momentos de apoio dados pelo político. “Ele foi um companheirão quando o câncer me fragilizou não só o corpo, mas também o espírito.”

Totalmente recuperada e curada, Patrícia Pillar mostra que a fama além de divulgar seu talento nas artes, também abriu espaço para conscientizar e alertar a população sobre questões de saúde pública que afetam inúmeras mulheres. Ela conseguiu mostrar que além da dor, também existe espaço para a superação.

MUNDO POP.

Pin It
Você gostaria de comentar?