Oscar Filho é agredido por funcionários públicos durante gravação do “Proteste Já”

18

A gravação do “Proteste Já”, quadro do “CQC”, na pequena cidade de Joanésia, interior de Minas Gerais, acabou gerando uma grande confusão.

Encabeçada pelo repórter Oscar Filho, a equipe do “CQC” foi deslocada para a cidadezinha para investigar um caso de nepotismo na prefeitura do município. O problema começou quando os denunciados quiseram impedir os trabalhos do programa. Houve um tumulto de funcionários, que ameaçaram os profissionais da Band e tentaram arrancar das mãos de Oscar o microfone. Em meio ao caos, uma câmera foi danificada.

A polícia foi chamada para conter os ânimos. A Band fez um boletim de ocorrência contra os agressores e toda a confusão irá ao ar no próximo dia 26.

RD1.

Pin It
Você gostaria de comentar?