Globo muda programação, cancela novelas e segue com plantão inédito; canais acompanham protestos

t

A Globo, após sofrer duras críticas de integrantes do Movimento Passe Livre, sendo acusada de proteger o Governo e a polícia em detrimento dos manifestantes – jornalistas da emissora, inclusive, chegaram a ser hostilizados -, vive um dia atípico nesta quinta-feira, 20.

Em virtude dos protestos no Brasil, o canal suspendeu boa parte de sua programação. A começar pelo jogo entre Espanha e Taiti, que não foi exibido. Por conta disso, a reprise de “O Profeta” acabou sendo espichada. Patrícia Poeta entrou no ar às 15h45, direto da bancada do “Jornal Nacional”, com um plantão que durou até o início do jornal (20:30 h).

A emissora cancelou ainda a exibição das novelas “Flor do Caribe” e “Sangue Bom”. Os jornais locais da faixa das 19:15 h também foram suspensos. “Malhação”, que num primeiro momento não seria exibida , teve seu capítulo iniciado às 17:33 h, para minutos depois ser suspenso.

É um dos maiores plantões do jornalismo da Globo. Senão o maior. Nunca antes a emissora fez algo parecido. Às 19:50 h, William Bonner foi anunciado no “Jornal Nacional”, que foi levado ao ar até às 21:30 h. “Amor à Vida”, “A Grande Família”, “Pé na Cova” e “Globo Mar” seguiram na grade. A cobertura foi mantida durante os intervalos comercias com Christiane Pelajo e logo depois no “Jornal da Globo”.

Links de várias capitais ganharam à tela do canal desde cedo. Repórteres da emissora espalhados pelo Brasil traziam minuto a minuto informações atualizadas. São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Vitória, Belém, Recife, João Pessoa e Salvador vêm ganhando amplo destaque.

OUTRO CANAIS

SBT e RedeTV chegaram a exibir por alguns minutos seus respectivos plantões, mas logo voltaram a programação normal. As manifestações ganharão maior destaque nos telejornais de ambos os canais. A emissora de Silvio Santos, inclusive, teve um carro de reportagem queimado no Rio de Janeiro.

A Record, desde às 17:15 h, teve com Marcelo Rezende em uma grande cobertura. O jornalista vem acompanhando as manifestações Brasil afora. A partir das 20:30 h, Celso Freitas e Adriana Araújo assumiram a cobertura da emissora direto da bancada do “Jornal da Record”.

A Band, com a Copa das Confederações, vem dedicando pouco espaço aos protestos. Conhecida por ter um jornalismo forte, o canal do Morumbi entrou com um rápido plantão às 18:20 h, sob o comando de José Luiz Datena. A exemplo de quarta (19), o “Jornal da Band” foi exibido na faixa das 21 h.

RD1.

Pin It
Você gostaria de comentar?