Cantor Reginaldo Rossi morre aos 69 anos

Banda Calypso - Gravação DVD - Ceilândia - Brasilia-DF

O cantor Reginaldo Rossi morreu na manhã desta sexta-feira, 20, no Recife. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Memorial São José em tratamento contra câncer no pulmão. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do hospital.

Reginaldo havia apresentado piora em seu estado clínico na quinta-feira e precisou ser entubado. O cantor piorou novamente na madrugada de sexta e não resistiu, morrendo por volta das 10 h da manhã, por falência múltipla de órgãos.

Conhecido como Rei do Brega, Reginaldo procurou atendimento no dia 27 de novembro por conta de uma gripe que não curava e ficou internado. O cantor foi submetido a uma biópsia no dia 4 de dezembro e retirou um nódulo na axila direita, que confirmou o diagnóstico de câncer. Ele também passou por um procedimento chamado para drenar líquido acumulado entre a pleura e o pulmão. “Estou pronto para a batalha e tenho certeza que vencerei”, disse o artista em nota.

Rei do Brega

Reginaldo Rossi nasceu em 1944 na capital de Pernambuco. Conhecido como o ‘Rei do Brega’, ele começou a carreira na música em 1964, influenciado pelos Beatles, no comando da banda de rock The Silver Jets. Em seguida, integrou-se à Jovem Guarda, inicialmente imitando Roberto Carlos. Entre seus maiores sucessos estão Garçom, Mon Amour Meu Bem Ma Femme e A Raposa e as Uvas.

Antes de ser artista, foi professor de matemática e física e estudou engenharia. É casado com Celeide Rossi, com quem tem um filho.

Pin It
Você gostaria de comentar?