Blogueira emagrece 17 quilos em nove meses: ‘Vivia me escondendo’

01_1

A publicitária e blogueira Marina Iris tinha chegado aos 75,9kg quando resolveu mudar totalmente a alimentação e começar a praticar atividade física. Eram de três a quatro litros de refrigerante por dia, lanches de fast food religiosamente aos finais de semana e muito macarrão instantâneo. Agora, 11 meses depois de voltar para a academia e mudar totalmente a alimentação, ela perdeu 17 quilos – está atualmente com 58 – e, inclusive, quer ganhar dois, mas está com dificuldade. “Meu corpo se desacostumou com gordura. Se como mais de um pedaço de pizza, passo mal no outro dia”, conta. Ela só não abre mão do chocolate: come pelo menos uma barrinha da versão meio amarga todos os dias.

A mudança mais positiva foi, sem dúvida, na autoestima da publicitária. “Costumava dizer que jamais usaria biquíni, mas agora já uso. Vivia me escondendo atrás de roupas largas, tipo bata. Hoje em dia gosto de tirar fotos”, diz ela, que divulga diariamente no Instagram o treino na academia e, no seu blog By Marina, detalhes da alimentação e do treino.

A decisão
Marina conta que o marido, Paulo, contribuiu tanto para que ela engordasse, ainda no início do namoro, como para que ela emagrecesse. “Até os 18 anos, fazia muita academia e era magrinha. Quando comecei a namorar, era lanche todo fim de semana, sair sempre para jantar, para comer… Fui engordando”, lembra. Em cinco anos, Marina engordou 12 quilos.

A decisão de mudar radicalmente o estilo de vida veio depois que ela sofreu dois abortos espontâneos. “Só comia errado. Com a desculpa de estar grávida, comecei a comer o dobro. Depois do segundo aborto, foi uma fase muito triste. Até que, em agosto do ano passado, resolvi mudar de vida. Me matriculei na academia e comecei a comer de forma mais saudável”, conta Marina, que fez uma reeducação alimentar. “Troquei arroz tradicional por arroz integral, passei a comer frutas e verduras. Cortei o sal e não tomo mais refrigerante. Antes, tomava de três a quatro litros por dia”.

Claro que no início não foi fácil. “Foi bem radical. Tive apoio do meu marido, que entrou na dieta junto comigo. Hoje é normal, mas no começo foi difícil. Não gostava de pão integral, por exemplo, aí derretia o queijo branco na chapa para mudar o gosto”, lembra. O respiro da dieta só vinha uma vez por semana, quando ela fazia o que chama de day off: “Comia, moderadamente, o que tivesse vontade, como pizza”.

ok

Treino na academia
De início, Marina seguiu um treino dado pelo marido, que incluía de 30 a 45 minutos de exercícios aeróbicos de segunda a sábado, intercalando entre corrida e caminhada. Aos domingos, a blogueira ainda costuma correr no parque com o marido. E não tem desculpa: é treino todos os dias mesmo, inclusive feriados. “Desde que comecei, só não fomos no Natal. E senti falta. Hoje mesmo tenho uma festa e estou pensando em não ir para poder ir à academia”, diz ela.

Motivação
Segundo Marina, a perda de peso foi gradativa. No primeiro mês, eliminou quatro quilos. Em três, foram mais de 10. “Também fiz drenagem linfática para desinchar. Comecei a sentir a diferença e fui me motivando. Passei a escrever sobre isso no blog e fui ficando motivada”, conta. O treino na academia só mudou a partir do quarto mês. “Comecei a fazer só musculação porque já estava magra e não queria perder massa magra”.

Com nove meses, Marina já tinha perdido 16 quilos. Agora, aos 11 meses desde que mudou o estilo de vida, já emagreceu 17 quilos e quer engordar dois, mas não consegue. “Estou com 58 kg e quero ficar com 60. Preciso engordar massa magra e não consigo. Quanto mais massa magra o corpo tem, mais o corpo queima caloria para manter. Posso jantar arroz e feijão que não ganho peso”, garante ela, que já está tentando ganhar peso há um mês e meio.

EGO.

Pin It
Você gostaria de comentar?