Após 7 anos, Luan Santana rompe com empresário. O que aconteceu?

luansantana1

 

O empresário Anderson Ricardo, que está com Luan Santana há 7 anos, perdeu o poder de administração da carreira do cantor.

Uma nota oficial foi divulgada hoje explicando a situação, e ela pode ser conferida ao final do texto. Aqui, antes, eu comento como se deu a separação.

Tudo o que se refere a Luan Santana só poderá ser tratado com o pai de Luan, Amarildo Santana, e com Fábio Fakri (Fabão), primo e sócio do Sorocaba.

Anderson continua com seus 30% da sociedade, mas não participa mais das decisões relacionadas a Luan. A sociedade é 30% do Anderson, 20,5% do Sorocaba, e 49,5% de Luan Santana.

Sorocaba e Luan estão na justiça contra o empresário, mas como o processo se encontra sob segredo de justiça, não dá ainda para explorar todo o assunto. Em reunião entre os sócios foi decidido, por votos, que Anderson não responde mais pelo cantor.

Luan não irá para a “FSPA”, de Fernando e Sorocaba. O escritório “LS Music” segue normalmente. Na semana passada, Amarildo e Fabão reuniram os funcionários do cantor em São Paulo pra anunciar as mudanças que aconteceriam no comando, e prometeram seguir com a mesma estrutura, sem nenhuma demissão.

Há cerca de um ano, surgiu uma conversa de que Anderson estaria interessado em vender sua parte. Verdade.

Os sócios já não se entendiam tanto e o empresário tinha intenções de abrir um escritório próprio, o que se concretizou no início deste ano com a criação da “AR Live”.

A relação se arrastou desde o final do ano passado, mas as partes ainda assim tentavam contornar a situação. Enquanto Anderson abria sua nova empresa e negociava a venda de sua participação na sociedade, os dois outros sócios se incomodaram com a maneira com a qual a carreira de Luan estava sendo gerida.

Depois de muita conversa e sem nenhum acordo, o caso foi parar na justiça.

O assunto provavelmente terá novos capítulos em breve.

 

Abaixo, a nota oficial:

___

Diante das notícias recentemente publicadas pela imprensa nacional e da necessidade de informar ao mercado artístico sobre questões envolvendo a carreira artística do Cantor Luan Santana, a empresa LS Music Produções Artísticas Ltda., responsável pela gestão e agenciamento artístico de Luan Santana, por intermédio da sua assessoria de imprensa, vem a público esclarecer o seguinte:

1 – Em deliberação entre sócios realizada na presente data – 15/07/2013 – foi decidido, por maioria de votos, que a partir da presente data o Sr. Anderson Ricardo de Souza não mais exerce as funções de administrador na empresa LS Music Produções Artísticas Ltda. Deste modo, a administração passa a ser exercida exclusivamente pelos sócios Luan Santana e Fernado Fakri Assis (Sorocaba), pessoalmente ou por procurador constituído para este fim.

2 – Luan Santana revogou procuração que havia outorgado ao ex-empresário, Anderson Ricardo, para representá-lo em negócios relativos à sua carreira artística, razão pela qual nenhum compromisso ou contrato poderá ser assumido ou subscrito individualmente por Anderson em nome da LS Music Produções Artísticas Ltda. ou do Cantor Luan Santana.

3 – A LS Music Produções Artísticas Ltda. continua a ser responsável pela gestão e agenciamento artístico da carreira de Luan Santana, permanecendo hígidos todos os compromissos e contratos até então por ela assumidos. As mudanças na administração da empresa refletem a decisão dos sócios majoritários – Luan e Sorocaba – em implementar novo modelo de gestão, com o propósito de melhor atender ao público, parceiros comerciais, colaboradores e todos os envolvidos, direta ou indiretamente, com a carreira de Luan.

4 – A parceria entre Luan Santana e Sorocaba continua em vigor e está cada vez mais consolidada, em especial porque pautada pelo respeito recíproco, pelos mesmos interesses e opiniões no que tange às questões comerciais e artísticas.

5 – Por fim, deixa de tecer comentários sobre o processo judicial em curso, em razão da sua tramitação sob segredo de justiça.

Sem mais para o momento,
LS Music Produções Artísticas Ltda.

 

Fonte: André Piunti/UOL

 

 

Pin It
Você gostaria de comentar?