Rock in Rim e Grito Rock promovem sábado de ações em prol da música e da Associação Renal Vida

Liss

Liss

O dia 12 de março será marcado por muito rock’n’roll em Rio do Sul. Será o sábado do festival Rock in Rim, que integra também a programação do sexto Grito Rock Rio do Sul, com shows de três bandas da casa, LISS, Chapéu Preto e Costeletas, tocando a partir das 17h, no Bituin, no bairro Jardim América (em frente à Unidavi).

A banda Costeletas tem influências da Jovem Guarda, do rock norte-americano dos anos 50 e do britânico dos anos 60. Já a Chapéu Preto tem a sonoridade dos anos 70 e 80, enquanto a LISS segue a linha do rock alternativo. São diferentes estilos para reunir um público que, além de curtir o som e estar envolvido em um ação social, também vai poder conferir a Exposição “Puro”, de Tamires de Lara, a projeção fotográfica da Cobertura Colaborativa das edições do Grito Rock Rio do Sul e ainda a intervenção de colagem de lambes na programação do Grito Design.

O Rock in Rim e o Grito Rock são dois dos projetos contemplados no Prêmio Nodgi Pellizzetti de Incentivo à Cultura. O objetivo do Rock in Rim é fortalecer o cenário musical da região com bandas autorais e beneficiar uma entidade social sem fins lucrativos, a Associação Renal Vida, que receberá 100% do valor dos ingressos vendidos. A Renal Vida atende pessoas que sofrem de insuficiência renal de 45 municípios do Vale do Itajaí, prestando serviços que vão de consultas e exames até o tratamento de hemodiálise e os procedimentos pré e pós-transplante de rins.

Já o Grito Rock é um festival que mantém o objetivo de ocupar diferentes espaços da cidade, com oficinas, exposições, debates, exibições de documentários, intervenções artísticas e, claro, shows de bandas. Ao todo, serão cerca de 30 ações.

Os ingressos para o Rock in Rim serão vendidos antecipadamente por R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) na Fundação Cultural de Rio do Sul, Velvet Discos e Renal Vida, e também no dia do festival. Mais informações: www.facebook.com/rockinrim

Pin It
Você gostaria de comentar?