Criciúma – Inaugurada Casa da Cultura no Rio Maina

A história da Casa da Cultura do Rio Maina começou a ser escrita de forma oficial a partir da noite desta quinta-feira (25), na inauguração do espaço. Da mesma forma, formam o complexo de novidades para os moradores o auditório Vergílio Manenti e a galeria dos ex-intendentes que já estiveram no comando da subprefeitura local. Mais de 300 moradores prestigiaram o evento para homenagear as famílias que contribuíram com o desenvolvimento do Distrito até o momento.

O espaço considerado pelo prefeito Márcio Búrigo o canal de sintonia entre a população e o Governo do Município, marcou um novo jeito de atender o cidadão na sua avaliação. “Estou com este coração cheio de alegria, torço sempre para que possamos atender toda a demanda popular. Queremos sempre fazer o possível para não deixar de atender principalmente aqueles que mais precisam do poder público”, explanou.

Na oportunidade, Búrigo parabenizou os moradores. “A grande tarefa do administrador é proporcionar qualidade de vida a população e tenho certeza que nós vamos marcar um novo tempo para esta região”, garantiu ele ao destacar que a obra de construção do Parque do Imigrante será iniciada e concluída em seu mandato.

O presidente da Fundação Cultural de Criciúma (FCC), Sérgio Luiz Zappelini, falou dos cursos que serão oferecidos no espaço e relatou que a participação de algumas pessoas nas atividades já está confirmada. “Estamos orgulhosos em poder levar cultura aos bairros e descobrir novos talentos que muitas vezes não encontramos por estarem distanciados das oportunidades”, relatou.

Filho do homenageado da noite, Vilson Manenti disse emocionado que a lembrança pelo nome de seu pai deixou a família muito honrada. “O trabalho do meu pai já falecido, Vergílio Manenti pela comunidade ficou eternizado com este auditório que leva o seu nome. Ficamos bem felizes”, disse ele.

A galeria de fotos dos intendentes que já passaram pelo local foi uma ideia do atual subprefeito Lauro Pirola que considera o ato uma maneira de agradecer a cada um pela dedicação que tiveram com o bairro ao assumir a função. “Acho que é muito pequena a homenagem perto de tudo o que eles fizeram pelo progresso da nossa comunidade, mas é uma forma de lembrar que todos foram importantes e que esta casa é uma conquista de toda a nossa comunidade”, resumiu Pirola.

O morador do bairro e vereador Júlio Colombo aproveitou a oportunidade para relatar as benfeitorias que o Governo do Município tem proporcionado ao Rio Maina. “Nós só temos motivos para agradecer. A Casa da Cultura, a galeria que memoriza a participação destes homens na construção do nosso progresso e as obras que temos encaminhadas para ocorrer em breve são fatos muito positivos”, mencionou ele.

Pin It
Você gostaria de comentar?